domingo, 19 de setembro de 2010

Você e a Noite Escura - Lobão



Você e a Noite Escura

Às vezes eu me sinto um fantasma
Arrancando flores no jardim
À meia- noite
Penso em você e sigo despedaçando
Pétalas ao vento
Na tempestade
Pétalas vermelhas
Tô com saudade
De você, de você
E as ondas vêm me cobrir na noite escura
E as ondas vêm me cobrir na noite escura
Às vezes eu não sei se é a noite
Ou se é a vontade de te ter agora
Agora
Eu penso em você e sinto a tempestade
Desabar por dentro e por fora
Eu penso em você e sinto toda a vontade do mundo
De te ter agora, agora
Você
Agora

Um comentário:

  1. olha, adorei a nova cara do blog.

    bjs.


    http://terza-rima.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Eu adoro ler comentários
Deixe unzinho!! Bjssss